domingo, novembro 18, 2007

B.C.Cantanhede 47 - Sport 110

Como se esperava no início do jogo, a nossa equipa alcançou mais uma vitória. A vitória, apesar de expressiva, poderia ter sido bem mais dilatada se não tivessem existido períodos de relaxamento durante o jogo.
O 1º período, uma vez mais e para não fugir à regra, foi muito bom por parte da nossa equipa, tendo terminado com um parcial de 36-6, favorável ao Sport. No 2º período, um relaxamento da nossa parte, talvez derivado do resultado, levou a que o Cantanhede tenha conseguido equilibrar o período e, consequentemente, a vantagem trazida do 1º período não tenha conseguido ser dilatada.
No 3º período, e uma vez que a nossa equipa pretendia rectificar a "performance" do período anterior, o Sport entrou decidido a dilatar a vantagem. No final do período, esse objectivo foi cumprido mas a réplica por parte do Cantanhede conitnuou e obrigou a nossa equipa, ao longo do período, a manter uma postura sem relaxamentos.
O 4º período foi caracterizado por diversas "picardias" e por diversos erros da arbitragem (não só os árbitros do campo mas também dos árbitros de mesa) que não se justificavam, em virtude da adiferença pontual registada no marcador.
No final, mais uma vitória para o nosso clube, 47 - 110.
Antes de terminar gostaria de deixar umas palavras relativas ao jogo e que dizem respeito à arbitragem e à atitude de certos jogadores do Cantenhede.
Relativamente à arbitragem, mais uma vez e como é apanágio desta divisão, foi de baixa qualidade, o que não se compreende devido à ausência de decisões difíceis e à diferença entre as duas equipas. Um dos árbitros (que não vou revelar o nome) passou o jogo inteiro a tomar decisões erradas, desde a maracação de faltas inexistentes à marcação de bolas favorável à equipa do Cantanhede que só ele percebia porquê. O árbitro em causa chegou ao ponto de, no 4º período, ao ver um atleta do Sport a dialogar com um atleta do Cantanhede marcar uma falta técnica a ambos, não se sabe bem porquê. Os atletas em causa estavam no meio-campo a dialogar sem qualquer veemência e sabem onde é que estava o árbitro? Na linha final!! Como é que é possível ele ter ouvido o que é que quer que seja da boca destes dois atletas? Ainda por mais se eles apenas se encontravam a conversar normalmente. A única justificação que eu encontro é o desejo do árbitro de ser protagonista e de ser o alvo das atenções. E se é esse o desejo do árbitro em causa, apenas lhe peço uma coisa: dedique-se ao cinema porque aí é que existem protagonistas que são alvo de todas atenções. O mesmo árbitro demonstrou, durante toda a partida, uma preferência desmedida pela equipa do Cantanhede. Como é que é possível que, na grande maioria das situações de bolas divididas, o árbitro tenha decidido dar a bola ao Cantanhede quando, em muitas das situações a bola era claramente do Sport? Enfim... Era bom que, do mesmo modo como os jogadores estão a ser "avaliados" pelos treinadores e pelos adeptos, os árbitros fossem alvo de uma avaliação contínua e que algumas das pessoas responsáveis fossem, por vezes, assistir à actuação dos árbitros. Este árbitro teria, de certeza, uma nota a rondar o -1, numa escala de 0 a 5. Para finalizar a questão dos árbitros apenas gostaria de referir uma situação caricata por parte dos árbitros de mesa durante o 4º período. Após a marcação de violação de 8 segundos por parte do Cantanhede, a mesa ergueu a placa de 5 faltas como que pensando que teria existido uma falta do nº8, o qual se encontrava com o 4 faltas.
No que diz respeito à atitude de certos atletas do Cantanhede, gostaria apenas de lhe dizer: aproveitem para jogar basquetebol e deixem de criar confusão e de ter certas atitudes que em nada diginicam o desporto de que gostamos. Para que é que há necessidade de ir dar umas "palmadinhas" aos atletas da equipa contrária quando o jogo se encontra parado? Esta situação foi recorrente ao longo de todo o jogo e não percebo qual o objectivo. Que necessidade existia de andar constantemente com "bocas" e com "pequenos mimos"? Não entendo este tipo de comportamente e se, vocês como atletas querem evoluir, como penso que pretendem, essa evolução não passa apenas por melhorar os aspectos técnicos. Passa também por melhorar a atitude e a postura perante os adversários, a qual deve ser sempre de respeito.
Desejo-vos um óptimo resto de campeonato e na 2ª volta lá nos encontraremos.

FORÇA SPORT!!!

9 comentários:

Anónimo disse...

Tive imensa pena de não assistir até ja estava a contar de ir e tava de turno de noite...epah não sei porque é que a malta ainda se espanta com estas coisas...sempre foi assim e sempre será, a melhor resposta que temos de dar é ganhar...e esta foi cá uma cabazada...Deus me livre...nem se endireitaram!!eheheheh
Pa semana quero o mesmo resultado, e quero assistir!!!

Força SPORTTTTTT

Fausto

Anónimo disse...

Faustao, para a semana não há jogos! a próxima jornada é dia 1 de Dezembro e jogamos na palmeira com o Gumirães às 17:30!
Os 2 primeiros sem derrotas deverá ser um bom jogo!

Até lá!

Abraço

Anónimo disse...

Não consigo perceber o porquê de tanto queixa da atitude dos jogadores do Cantanhede. 1º o que está aqui no blogue está claramente empolado e tendencioso, 2º existiu de facto uma ou outra situação menos correcta, mas não teve a dimensão que lhe estão a querer dar e estranho não ser referido o facto de os atletas do sport estarem 40 m a falar com os árbitros e terem apenas uma técnica a 3 m do fim e mal assinalada conforme já referido. E ainda o facto de a equipa de Cantanhede se apresentar em jogo só com 8 atletas e a arbitragem que tanto contestam ter expulso um jogador do Cantanhede ainda na 1º Parte por palavras ao àrbitro. Sejam honestos no que escrevem, pois concordo que foi uma péssima arbitragem mas não foi tendenciosa como referem.

Anónimo disse...

Mas porquê se queixariam os jogadores do Sport à arbitragem, num jogo que estavam a ganhar com uma vantagem imensa??

Talvez por ninguém gostar de sentir na pele "palmadinhas, "bocas", ou "pequenos mimos" não acham?

Os arbitros têm alguma tendencia (alguns claro) a tentar amenizar diferenças tecnicas e fisicas quando vêm equipas com uma valia tão dispar, foi o que aconteceu. Há arbiTros assim, gostariam de ter sido jogadores mas não conseguiram e ficaram assim. Não há problema nenhum, siga a banda, mas há que relatá-lo, sem dúvida.

A atitude de atletas do cantanhede (os mais velhos) já não muda concerteza. Espera-se que o exemplo não passe para os mais novos.

FORÇA SPORT!!

Anónimo disse...

Os atletas do Cantanhede (os + velhos e os + novos) não têm como objectivo andar em picardias etc, não concorda nada com essa descrição.Nós queremos melhorar como equipa e atletas. Poderá ter existido uma ou outra atitude menos correcta, mas quem não as tem. Agora fazer a descrição da atitude e do desportivismo de uma equipa ou atleta com base numa ou outra situação, não concordo. Desejo mto sinceramente boa sorte para voçes e existirão oportunidades para mostrar que sabemos estar no desporto com respeito pela arbitragem e equipa adversária, e que apesar das nossas limitações actuais (equipa jovem, com poucos atletas e ainda em construção)iremos empenhar-nos em dignificar o Basquetebol de Cantanhede. Mais uma vez, boa sorte para voçes, e digo novamente nós não somos os bad boys, conforme decorre da descrição que voçes aqui expõe. Num pto estamos de completo acordo, temos que melhorar não só tecnicamente mas também na postura e atitude perante o jogo, os adversários e a arbitragem. Penso que vamos consegui-lo, não nos julguem por uma 1ª impressão, que garanto-vos, é errada. O futuro o comprovará.

Um Abraço

Anónimo disse...

O PONGAS SÓ GAMA!O PONGAS DEVIA-SE DEDICAR À PESCA!OH PONGAS VÊ LÁ SE VAIS TIRAR O CURSO DE ÁRBITRO PORQUE ESSE QUE TU TIRASTE DEVE TER SAÍDO NA CAIXA DOS CEREAIS!

Anónimo disse...

Qundo não sabem jogar é sempre culpa dos Árbitros.

MR - Ex. Atleta do Sport

eddie disse...

O jogador do cantanhede foi expulso na segunda parte, e bem expulso ja que passou largos minutos a tentar simular faltas e depois protestando com o arbito quando ele nao assinlava(e bem). Depois de ter tido algumas palavras menos correctas com o arbito e por isso ser assinalada uma falta tecnica decidiu entao dar ainda mais umas palavrinhas, sendo entao expulso.

Anónimo disse...

Com tanta arrogância, apenas me ocorre o seguinte: Sem Comentários!